Nasci em Alpiarça, na região do Tejo, uma região com uma tradição vitivinícola muito vincada na sua gente. Em casa a realidade não era diferente, com produção de vinha e olival, habituei-me em Agosto por substituir dias de férias de Verão por dias de vindima.

Naturalmente em 2000 fui estudar Engenharia Agronómica para o Instituto Superior de Agronomia, ramo viticultura e enologia, sempre com o objectivo de aprender e dedicar-me ao mundo vinho e da vinha. Em 2006 estagiei na Casa Cadaval e logo no ano seguinte, em 2007, após estágio de vindima, integrei a equipa de enologia da Quinta Vale Dona Maria, onde permaneci até Abril de 2019.

Em 2009 e 2010 aproveitei para fazer vindimas na região de Toro em Espanha, e em 2012 rumei a África do Sul para conhecer a realidade vitivinícola no Hemisfério Sul.

No entanto, permanecia um sonho por realizar, a criação de uma projecto pessoal da região que me acolheu. Em 2011 em parceria com Rui Lopes, um amigo dos tempos do ISA, decidi avançar com a sua concretização, mostrando a nossa visão do Douro e das suas vinhas velhas com a marca Somnium.

Com o passar do tempo, e vendo o reconhecimento que a região do Tejo tem granjeado, surgiu a ideia de avançar com outro projecto pessoal na região que me viu crescer, Alpiarça. No ano 2015 reconvertemos as nossas vinhas na Charneca, onde apostamos em diversas castas nacionais como Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca, Trincadeira, Bastardo, Bical, Arinto, Fernão Pires, Alvarinho, Loureiro, Avesso e nas internacionais, Chardonnay, Pinot Noir, Syrah e Alicante Bouschet.

Em 2019 lançamos o primeiro vinho desde novo desafio, o Casal das Aires.

%d blogueiros gostam disto: